O Programa

O programa Construção Legal é resultado da união de quatro entidades representativas do setor de construção Civil. Juntas, o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio), o Serviço Social da Indústria da Construção do Rio de Janeiro (Seconci-Rio), o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Município do Rio de Janeiro (Sintraconst-Rio) e a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-RJ) objetivam combater as irregularidades nas contratações e processos que envolvem o setor, proporcionando segurança jurídica nas relações com fornecedores e outros partícipes da cadeia produtiva.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

 

  • Conscientizar empresários, trabalhadores, consumidores, Governo e sociedade em geral sobre a importância do respeito aos requisitos legais e normativos, para que o direito de todos seja respeitado;
  • Implementar mecanismos de verificação e controle, para identificar eventuais não conformidades e atuar na correção das mesmas, de forma preventiva;
  • Implementar mecanismo de mediação de conflitos entre empregadores e empregados;
  • Disponibilizar oportunidades de capacitação dos profissionais das empresas, para que suas atividades diárias possam estar em conformidade com os dispositivos legais vigentes;
  • Identificar e disponibilizar para empresas, trabalhadores e consumidores uma rede qualificada de fornecedores, que ofereça serviços que possam garantir a conformidade de todos os processos de trabalho da indústria da construção;
  • Demonstrar, com fatos, dados, transparência e de forma sistemática, os trabalhos que vêm sendo realizados pelas entidades empresariais e laborais, e o quanto elas contribuem para desenvolvimento do setor de construção.

NÓS ACREDITAMOS QUE:

 

  • Ações que promovem o bem, o ético e o legal nas relações entre empregadores, fornecedores, trabalhadores, consumidores e governos, garantem melhor harmonia nas relações humanas e uma maior segurança jurídica nos ambientes de negócios das empresas do macro-setor da construção.
  • Ações conjuntas entre entidades afins permitem maior efetividade nos resultados, otimizam a aplicação de recursos, reduzem o custo de aprendizagem, proporcionam a troca de informações e de tecnologia e aumentam o nível de exposição institucional.
  • O lucro e a segurança jurídica das empresas garantem a sobrevivência e o crescimento das atividades;
  • A evolução e o desenvolvimento do setor de construção dependem da responsabilidade social das empresas e do exercício da cidadania de cada trabalhador;
  • É importante para a sociedade que todas as atividades econômicas operem em sintonia e com respeito ao meio ambiente;
  • Empregadores e Empregados devem garantir a conquista dos seus direitos e deveres;
  • O trabalho harmonizado entre as partes interessadas fortalece as empresas, os trabalhadores e as entidades representativas deste setor, e estimula a adoção de práticas legais e éticas, em todo o processo de trabalho, garantindo um ambiente de negócios justo e seguro, com benefício para toda a sociedade.

Com “CONSTRUÇÃO LEGAL”, todo mundo sai ganhando!